Atualizada em 27 de janeiro

 

A midiazona não está dando a cobertura necessária a um assunto tão importante. A cidade de São Paulo terá mais de mil conselheiros  responsáveis pela  fiscalização das ações e gastos da prefeitura. Eles  também serão consultados no planejamento, farão sugestões de ações e políticas públicas e poderão acessar informações públicas, disponíveis.  Não é pouca coisa, é a oportunidade de sair da crítica pura e simples . Os 1.113 conselheiros  tomaram posse na festa do aniversário de São Paulo, sábado, 25 de janeiro, e cumprirão mandato de dois anos .  Cada subprefeitura terá de 19 a 51, de acordo com o tamanho da população local , sendo em média, um representante para cada 10 mil habitantes nas 32 subprefeituras.  


____________________________

Os Conselheiros Participativos, eleitos no dia 8 de dezembro de 2013, tomaram posse neste dia 25 de janeiro, aniversário da Cidade de São Paulo. No mesmo evento a artista plástica Tomie Ohtake, que completou 100 anos em dezembro e o poeta, compositor e cientista, Paulo Vanzolini (em memória) foram homenageados, com a medalha “25 de janeiro”, oferecida para pessoas que dedicaram suas vidas ao bem da Cidade.

 

Os 1.113 conselheiros cumprirão mandato de dois anos e neste período atuarão junto às subprefeituras na fiscalização das ações e gastos públicos, serão consultados no planejamento, farão sugestões de ações e políticas públicas e poderão acessar informações públicas, disponíveis.  O Conselho tem entre 19 a 51 membros por bairro, de acordo com o tamanho da população, sendo em média, um representante para cada 10 mil habitantes nas 32 subprefeituras.

 

Os presentes surpreenderam o Prefeito Fernando Haddad, que completa 51 anos, com o canto de “Parabéns”.

 

Fernando Haddad falou sobre a necessidade de aumentar a participação popular:  “A cidade de São Paulo é grande demais. São 11 milhões de habitantes. É preciso aumentar e muito a participação popular para que administração passe a enxergar os problemas da cidade e receba da cidade as demandas, reivindicações, críticas, sugestões e aperfeiçoamento da gestão pública”, afirmou.

 

Além dos empossados neste sábado, no dia 30 de março, novas eleições serão feitas para eleger 22 conselheiros extraordinários que serão representantes de imigrantes da cidade. As inscrições irão entre 27 de janeiro a 27 de fevereiro nas 21 subprefeituras que terão eleições para os estrangeiros. Essas subprefeituras são aquelas que o Censo 2010 apontou ter pelo menos 0,5% de imigrantes.

 

O Cardeal Dom Odilo Scherer,  o promotor de habitação de urbanismo do Ministério Público Estadual, Maurício Antônio Ribeiro Lopes, e presidente da Comissão Eleitoral do Conselho Participativo Municipal de São Paulo, Luciano Santos Araújo, participaram da cerimônia, que aconteceu no Auditório do Anhembi e foi encerrada ao som das músicas de autoria de Paulo Vanzolini.